domingo, 3 de outubro de 2010

Brinco-de-princesa

12 comentários:

almajecta02 disse...

Óptimo. Controlais isto das ladies muito bem principalmente ao nível dos botões e folhage.
Já a côr do pendente vai um pouco ao encontro dos tempos que correm, Deus nos livre.

Erica disse...

Sim, tenho consciência de que o aglomerado interior do dito brinco não correu lá muito bem. Mas também não me ralo nada com isso, os erros de hoje são as conquistas de amanhã (esta foi profunda, é pena ser frase feita!).

Miuxa disse...

Acho que não me sentiria menos princesa com uns brincos dos seus ... se ainda tivesse os meus, se bem me lembro, seis anos.
(Não é frase feits, saiu-me mesmo agora)

Luís Ançã disse...

Será que se aproxima uma Primavera florida?... Duvido. O clima está definitivamente alterado (espero que não irremediavelmente).

O desenho é muito bonito. Em termos absolutos.

almajecta02 disse...

Ora nem mais assim é que é, não vá o ensimesmamento e aquele outro disturbio cerebral ritualizar o fetiche do novo.

AG disse...

a natureza gosta de elaborar beleza. aguarda o tempo preciso para depois, abrir (:

Erica disse...

São uns queridos :)

almajecta02 disse...

Então! Não vai uma de desenhos de pés e mãos?

Erica disse...

Porque carga de água? Da de hoje ou da de ontem?

almajecta02 disse...

É que o desenho de pés e mãos manda imediatamente a grande maioria do queridismo para as vanguardas ( ontem portanto), os restantantes ficam humilde e reverentemente a aprender,( hoje ).

Erica disse...

Ah, sendo assim vou pensar ao sol!

Denishé Hats disse...

Nos Estados Unidos chamamo-los "Fuchsia".